sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Você pode me ajudar? Você pode me ver? Você não vê que estou quase lá? Você não vê que eu estou me quebrado em mil pedaços? Você não vê que eu não posso mais aguentar isso? Que eu não tenho uma idéia do que estou fazendo para mim?Que eu não consigo encontrar nenhuma resposta? Que eu não tenho a força ou a saúde mental de continuar com mais esta dor? Que eu não posso ter mais isso? Você vai me ajudar? Você não vê que eu logo vou estar morta? Você não pode me ouvir gritando tão alto dentro de meu coração? Não que você me olhe e vê as minhas lágrimas tentando fugir? Você não imagina quando eu estou sozinha no meu quarto exorcizar minha dor? Você é capaz de compartilhar seu desespero comigo?

Eu estou tão perto.
No meu próprio limite, por mim e eu queria ficar de pé e segurar sua mão. Mas o meu medo mais profundo é de estar sozinha. E você não vai dar sua mão para mim. E dizer-me que tudo vai estar ok. E isso é tão triste. Essa crença profunda de que você não depender de si mesmo para se tornar o que você deseja. Acreditar que você tem que fazer tudo e estar com quem se sentir bem e plenamente no seu coração. Mesmo que você saiba que a besteira não é suposto ser verdadeiro em tudo. E não é. Mas quando você está lá no fundo, dentro de seus erros diários, isso só não vai sair. Desejo estas seriam as últimas lágrimas a derramar. Para o bem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário